5 dicas para fazer você perder barriga urgente!

Este é o tema de mais um artigo nosso.

Acredito que 10 em cada 10 mulheres se preocupam com esse assunto, e o pior procuram ler no google sobre as famosas dicas de como emagrecer rapidamente, como secar a barriga, de como afinar a cintura, enfim, em toda chegada de verão é a mesma coisa, então decidi escrever um artigo super simples para vocês seguirem a risca nesses próximos dois meses para assim chegar no verão super linda.

Ok?

Tudo o que você ler daqui pra frente é evidenciado pela literatura, porem o que mais me conforta em escrever é que tudo, tudo mesmo que você irá ler eu apliquei durante muito tempo em minhas alunas, e claramente consegui resultados expressivos.

5 dicas para perder barriga urgente!
5 dicas para perder barriga urgente!

Então vamos lá:

5 dicas para perder barriga urgente!

  • Corrija sua alimentação.
  • Pratique exercícios de força
  • Coloque intensidade no seu treino sempre.
  • Faça aeróbios de intensidade alta.
  • Faça exercícios isométricos para abdômen. (cereja do bolo)

DICA 1: CORRIJA SUA ALIMENTAÇÃO

Corrija sua alimentação!
Corrija sua alimentação!

De tanto eu bater nessa tecla acredito que você esteja com a alimentação melhor do que quando nos conhecemos neah?

Não existe mágica quando o assunto é emagrecimento, e a base do tripé será sempre a alimentação.

Busquei um trecho de um artigo escrito pelo professor Paulo Gentil, no qual ele cita os testes em três grupos diferentes: Grupo 1 que fazia somente exercícios aeróbios, grupo 2 exercícios de força e dieta e grupo 3 somente dieta, nesse artigo você irá notar que o que mudou em questão de resultado foi o grupo que cuidou da dieta.

Em 1999, Kraemer, e outros nomes notórios como Volek e o finlandês Keijo Hakkinen, fizeram um estudo de 12 semanas no qual a amostra foi dividida em três grupos: dieta, dieta + exercício aeróbios e dieta + exercício aeróbios + treino de força. Ao final da pesquisa todos os grupos conseguiram reduzir o peso, sendo a menor perda para o grupo de exercícios aeróbios. Do peso perdido, o grupo que praticou a musculação perdeu 97% em gordura, contra 78% para exercícios aeróbios + dieta e 69% para a dieta somente, sendo que este último perdeu uma quantidade significativa de massa magra (KRAEMER et al, 1999). 

Notou a diferença que te falei.

O grupo 1 perdeu peso mais muito baixo comparado ao dois e três, o grupo 3 perdeu peso porem perdeu massa magra, já o grupo 2 foi o grupo que mais perdeu gordura além de ganhar massa muscular.

E sabe o que isso tudo tem haver?

Dieta tem que existir, porem deve vir acompanhado pelo exercício de força, esse que explicarei no tópico 2.

DICA 2: PRATIQUE EXERCÍCIOS DE FORÇA

Pratique exercícios de força!
Pratique exercícios de força!

Nos anos 90 um pesquisador na universidade do Texas realizaram um trabalho onde colocaram um grupo fazendo atividade aeróbia com baixa intensidade e outro praticou musculação. Ao final dessas 12 semanas o grupo que fez aeróbio obteve perda de gordura porem o grupo que treinou musculação teve aumento da massa magra e reduziu gordura corporal.

Já sabe o que significa isso? Se tiver que optar entre exercícios de força e exercícios aeróbios prefira exercícios de força.

Ao momento que passamos 20, 30 minutos fazendo atividade física e 23 horas e 30 minutos restantes sem fazer atividade se torna mais importante acelerarmos nosso metabolismo basal em repouso do que gastar mais X calorias no treinamento.

Coloque seu raciocino para pensar quantas pessoas que você conhece emagreceram fazendo somente atividades aeróbias?

Sem cuidar da alimentação?

Sem fazer exercício de força?

Nenhuma não é mesmo! E se acaso você conhecer alguma peço que me envie nome, telefone, e-mail, pois quero entrar em contato e estuda-la, pois a anos venho estudando e praticando o que a de mais valioso na ciência e o que descobri foi que não existe segredo, é DIETA + EXERCÍCIO!

DICA 3: COLOQUE INTENSIDADE NO SEU TREINO SEMPRE

Aqui é um outro erro que observo muito por quem quer emagrecer, INTENSIDADE!

Novamente vou na sua memória. Quantas mulheres que fazem exercício por muito tempo você observa que emagreceu com eficiência e por um longo tempo?

Poucas? Nenhuma? Hoje após treinar tanta gente e observar esses resultados só tenho a concluir para vocês: Quem fica muito tempo na academia, Ex – 1 hora, 1 hora e 30 não aguenta! Não se mantem por muito tempo.

E o motivo é obvio, ENCHE O SACO e NÃO EMAGRECE!

Desculpe o termo tão chulo, mas é que observo muita gente sofrendo com isso e ao invés de os treinadores passarem o que é certo, mantem os mesmos nessa rotina.

Ao longo prazo ninguém consegue se manter fazendo atividade por muito tempo e logico não é eficaz quando comparado a um treino com intensidade.

A várias formas de você colocar intensidade no seu treino: aumentando a carga, deixando seus exercícios mais lentos, colocando métodos de treinamento, retirando o tempo de recuperação.

Então sempre intensidade alta no treino? Ok?

DICA 4: FAÇA AERÓBIOS DE INTENSIDADE ALTA

Exercícios aeróbicos de alta intensidade
Exercícios aeróbicos de alta intensidade

Sobre este tema já escrevi vários artigos aqui no blog, inclusive nosso método de treinamento para emagrecimento em casa o Eu Magra em 90 Dias é todo baseado nele.

Quando você passar por alguma academia ou conhecer algum professor querendo passar um método novo baseado em ALTA INTENSIDADE EM ESPAÇO CURTO DE TEMPO com RECUPERAÇÃO PASSIVA saiba que esse método já foi inventado lá nos anos 40 por um japonês chamado TABATA.

E nesse trabalho ele apresentou resultados que concluíam que para aumento de Vo2 os exercícios aeróbios de alta intensidade são melhores quando comparado a exercícios de baixa intensidade.

Mas ai você leu Vo2 e pensou, o que tem haver isso com emagrecimento?

Pois bem minha querida, quanto maior for o uso do oxigênio pós treinamento, maior é o queima calórica em repouso.

Então mesmo que você esteja com as pernas para o alto 12 horas ou até 48 horas depois você estará emagrecendo SIM!

Hoje existem muito protocolos de Hit, Tabata, Gibala entre outros, então cabe a você ter um treinador para passar o que está mais apto para o momento para seu perfil.

DICA 5: FAÇA EXERCÍCIOS ISOMÉTRICOS PARA ABDÔMEN

Exercícios isométricos para abdômen
Exercícios isométricos para abdômen

E para finalizar a cereja do bolo!

Se você pulou direto pra cá, volte e leia tudo novamente pois o raciocínio aqui se necessita.

Quando executamos exercícios abdominal recrutamos várias partes de nosso abdômen, ele por si só é dividido em 3 partes: Reto abdominal (Infra e Supra Abdominal), Oblíquos (Interno e Externo) e por último  (muito importante) transverso do abdômen (camada mais profunda do abdômen).

Quando trabalhamos os abdominal normais de flexão usamos os oblíquos e o reto abdominal com maior intensidade, porem para reduzir o volume total da região abdominal se faz necessário o uso de abdominais que não se utilizem de flexão, ai entra as pranchas.

Quando o transverso é ativado isometricamente em grande porcentagem quem a trabalha é o diafragma e este órgão faz com que nossos órgãos internos se espremam mais sem que cause problema algum para nossa saúde, assim reduzindo o volume da nossa cintura e fortalecendo nossa musculatura do CORE.

CONCLUSÃO

Agora aproveite o raciocínio final:

Quando estamos em DIETA reduzimos nosso peso, diminuímos nossa percentual de gordura e ganhamos massa magra, porem está última somente se praticarmos EXERCÍCIO DE FORÇA. Este auxilia para manter nosso metabolismo acelerado, ganharmos músculo e facilitarmos nosso emagrecimento. Mas ele somente terá efetividade se feito em INTENSIDADE CORRETA, não esqueça jamais, quem passa muito tempo fazendo exercício não se sustenta a longo prazo.

E ao contraio de se manter muito tempo fazendo atividade o HIIT preza por intensidade alta em espaço curto de tempo, e muito mais eficiente quando comparado a exercícios aeróbios de baixa intensidade.

Porem somente chegaremos ao corpo ideal, se unirmos estes quatro tópicos, com o tão especial EXERCÍCIOS ISOMÉTRICOS PARA ABDÔMEN. Ele além de fazer com que nosso CORE se mantenha forte para que assim não tenhamos nenhuma lesão fará com que nosso volume de região abdominal diminua consideravelmente.

Show hein?

Meninas estão gostando dos artigos?

Espero que sim. Beijo enorme!

Referencias:

KRAEMER WJ, VOLEK JS, CLARK KL, GORDON SE, PUHL SM, KOZIRIS LP, MCBRIDE JM, TRIPLETT-MCBRIDE NT, PUTUKIAN M, NEWTON RU, HAKKINEN K, BUSH JA, SEBASTIANELLI WJ. Influence of exercise training on physiological and performance changes with weight loss in men. :Med Sci Sports Exerc 1999 Sep;31(9):1320-9

BROEDER CE, BURRHUS KA, SVANEVIK LS, WILMORE JH The effects of either high-intensity resistance or endurance training on resting metabolic rate. Am J Clin Nutr 1992 Apr;55(4):802-10

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.